Macaíba

"Macaíba terra amada/ Histórica é uma beleza/ Filhos ilustres aqui brotam/ Manancial de nobreza/ Desde a sua fundação/ Desse solo, desse chão/ Tidos como realeza."

Total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Hailton Mangabeira tem cordel lançado no centenário de Poti Cavalcanti



O cordel nº 129, que tem como mote Poti Cavalcanti, do artista macaibense Hailton Mangabeira foi lançado durante as comemorações do centenário do ilustre sãogonçalense. As festividades iniciaram dia 10 e terão continuidade nos dias 11 e 18 de maio/2017. Uma vasta programação cultural, social e religiosa emoldura o cenário dessa data tão marcante, não só para os familiares de Poti Cavalcanti, mas para todos os seus conterrâneos e amigos. A solenidade aconteceu no Teatro Municipal em São Gonçalo do Amarante/RN e o cordel foi recitado por Augusto Justino, o popular Duda.



segunda-feira, 17 de abril de 2017

O Espetáculo da Paixão de Cristo



Literalmente um espetáculo! Com toda simplicidade e humildade, um espetáculo! É como podemos definir a Paixão de Cristo produzida pela Cia. Interart de Teatro e encenada no dia 14 de abril/2017, na comunidade de Lagoa do Sítio I. 
O evento contou com a participação de 25 atores da companhia e a participação especial do pequeno Benjamin, neto do saudoso Mestre Jovelino. A direção foi do multiartista Charles Simplício de Sales.
A apresentação foi realizada ao lado da capela e contou com a presença de aproximadamente 300 pessoas de Lagoa do Sítio I e adjacências.
Mesmo sem apoio, a Cia. Interart de Teatro, mostrou porque é a maior companhia de teatro de todos os tempos no município de Macaíba.
Ainda tem mais: em fase final da roteirização, o novo filme de Hailton Mangabeira “Um lugar que não existe” será produzido pela Cia. Interart de Teatro e gravado nas comunidades de Lagoa do Sítio I, Mangabeira e Sítio de Santa Cruz, além de Macaíba. O tema do filme é o tempo de eleição, onde candidato enrola eleitor que enrola candidato. Uma comédia e tanto da vida real. Aguardem!



sábado, 1 de abril de 2017

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Ivete Sangalo e a Grande Rio.



Como falar e o que de uma cantora como Ivete Sangalo que além de ser uma pessoa carismática, ainda leva para todos sua energia alucinante. É preciso que se fale mesmo do lado positivo do nosso povo sofrido que mesmo diante de tantas adversidades dá um show de alegria na passarela como fez a Grande Rio. A escola teve a feliz ideia de homenagear a trajetória dessa nordestina de Juazeiro, que transforma tudo que toca em ouro. Ivete levou para a avenida toda a fé e alegria que reinam em seu ser. A escola empolgada e emocionada despertou a atenção de muitos com um samba dinâmico e envolvente.
E como seria bom se tivéssemos todos um pouco da humildade de Ivete. Essa simplicidade que nesse mesmo carnaval comprou todo o algodão doce de um vendedor e chamou o mesmo para subir ao trio. Ivete recebeu um presente com essa linda homenagem da Grande Rio, mas a escola ganhou muito mais. Acredito que não houve um deles que não se deixou levar pelo otimismo da nordestina que pula, corre e faz a multidão rir, e chorar ao mesmo tempo.
Decididamente a Grande Rio inovou nesse carnaval. E nós nordestinos estamos orgulhosos de ter em Ivete uma representante de nossa geração, e de muitas outras que são também suas fãs.

Por Waleska Frota